sexta-feira, 27 de março de 2009

Leilão vende cartas do escritor George Orwell por R$ 276,4 mil

Um lote de cartas de autoria do escritor inglês George Orwell do princípio dos anos 30 foi vendido nesta terça-feira por 84 mil libras esterlinas (R$ 276,4 mil) em um leilão realizado pela casa Bonhams, em Londres.
As cartas oferecem uma visão dos anos nos quais o autor viveu na casa de seus pais em Southwold (leste da Inglaterra), após retornar de sua estadia em Mianmar (antiga Birmânia), onde nasceu sua militância contra o imperialismo britânico.
Trata-se de uma época da vida de Orwell que não é bem documentada, por isso o leilão gerou grande expectativa, e as cartas foram vendidas pelo dobro do lance inicial, informou a Bonhams em comunicado.
As cartas escritas pelo autor de "1984" e "A Revolução dos Bichos" eram dirigidas a seus amigos Eleanor Jacques e Dennis Collings, e nelas ele fala da elaboração de seus primeiros livros.
Collings era o filho do médico da família de Orwell e Eleanor Jacques era uma vizinha, e com ambos manteve uma relação muito próxima durante os anos nos quais viveu na casa dos pais.
Os conhecedores da vida de Orwell dizem que ele queria iniciar um relacionamento amoroso com Eleanor Jacques, mas ela acabou se casando com Collings em 1934.
George Orwell, pseudônimo de Eric Arthur Blair, nasceu na Índia britânica em 1903, e escreveu dois dos romances mais famosos do século 20: "A Revolução dos Bichos" (1945) e "1984" (1949), obras na qual expressou sua rejeição ao totalitarismo.
Orwell morreu em 1950, em Londres, vítima de tuberculose.

Sem comentários:

Enviar um comentário