sábado, 27 de fevereiro de 2010

[Especial Filosofia] O que Hugo Chávez e Platão têm em comum?


Platão foi o principal discípulo de Sócrates, e o responsável pela salvação da filosofia Socrática, uma vez que, Sócrates morreu sem ter nada escrito, todo o pensamento Socrático a que temos acesso atualmente, foi nos repassado por Platão em suas obras. Daí a desconfiança que muitos possuem de que, na verdade, grande parte da ideias atribuídas a Sócrates sejam na verdade de Platão ou que, talvez, Sócrates nem mesmo tenha existido.

Platão, em sua filosofia, prima pelo Idealismo. Ele deu seguimento as ideias metafísicas de seu mestre e acabou criando uma complicada filosofia dualista, onde existiam dois mundo: O Mundo dos Sentidos e o Mundo das Ideias.

Platão acreditava também na imortalidade da alma, e em algo parecido com o Céu e o Inferno. Ao morrer, toda alma seria enviada ao Além (Hades) para ser julgada por um tribunal por seus atos em vida. Aos justos, haverá a Ilha dos Bem Aventurados (Os Campos Elísios, que é o equivalente ao Céu do Cristianismo), aos Injustos (Pecadores) haverá o Tártaro (Não, eles não terão problemas dentários e sim irão para o Inferno).

Resumindo a parada, antes que o leitor fique com sono ou loks de drogas, a Filosofia Platônica é basicamente o embrião das grandes religiões ocidentais: Judaísmo, Cristianismo e Islamismo.

Mas o que me traz aqui hoje, na verdade, é o desejo de mostra o The Dark Side of Platão. Sabe aquele seu ator favorito que fez uma ponta em um filme Trash dos anos 80 (Algo tipo Jhonny Depp em "A hora do pesadelo"), e que, quando você está discutindo o talento dele com seus amigos cinéfilos impotentes você sempre "esquece" de citar essa fase negra da vida dele? Pois bem, Platão também tem a sua fase "negra" que os seus defensores sempre esquecem de citar.

Em seu livro mais conhecido, "A República", Platão traça um esboço de como seria a sociedade ideal (A minha já existe: chama-se Suécia). Para ele, a sociedade ideal deveria ser governada por um filósofo (Bem espertinho esse Platão, eim? Também acho que a sociedade ideal deveria ser governada por mim. Tenho tantos talentos...). Deveria ser governada por um filósofo, pois somente o filósofo têm condições de decidir o que bom ou mal para a sociedade (Não sabia que o Chávez era filosofo!). Apenas o filósofo têm condições de decidir que livros devem ser lidos; que músicas serão escutadas; que espetáculos podem ser vistos (Que mané história do Brasil, essa matéria deveria se chamar: filosofia Platônica!). Onde o filósofo platônico governa não são necessárias leis, pois sua vontade é a vontade do estado (Porra, o Putin também é filosofo?), as leis somente deverão ser usadas como alternativa viável a falta de um homem sábio (Ah! agora tá explicado! Por isso o Brasil tem tantas leis, nossos governantes não são lá muito sábios... Pra não dizer outro coisa).

Pois é, leitores queridos, mas uma parte desse pequeno especial de filosofia chega ao fim. Agora, toda vez que vocês verem na televisão pessoas como Hugo Chávez, Vladimir Putin, ou aquele baixinho chato, que usa um par de ridículos tamancos (Ênfase no ridículo!!) da Coreia do Norte, cujo o nome é impossível de escrever sem consultar o Google, lembrem-se: eles não são apenas ditadores sanguinário, e sim homens sábios, discípulos de Platão, tentando criar sociedade ideal.

Sem comentários:

Enviar um comentário